PREVENÇÃO

O câncer, nome dado a um conjunto de mais de 100 tipos de doenças agrupadas em uma mesma denominação, representa hoje um sério problema de saúde pública, com perspectiva de aumento da sua incidência e do número de mortes relacionadas nas próximas décadas. O aumento da expectativa de vida, em nosso país, modifica a pirâmide populacional e ocasiona um aumento da população idosa na comunidade. Esse é um dos fatores responsáveis pelo aumento da incidência de câncer de uma maneira geral, já que a incidência da doença é maior na população idosa. A exposição à fatores ambientais específicos também são responsáveis pelo aumento da incidência de determinados tipo de câncer na população. Estima-se que entre os anos de 2020 e 2030 o câncer possa se tornar a maior causa de morte nos países desenvolvidos e em desenvolvimento.

No Brasil, cerca de 500 mil pessoas desenvolvem câncer a cada ano. Ao mesmo tempo, estima-se também que cerca de 40% das mortes por câncer poderiam ser evitadas com ações de prevenção, detecção precoce e acesso ao tratamento adequado. Desta forma o ato de prevenir o câncer (entenda-se aqui prevenção e diagnóstico precoce) deve ser o foco de atenção principal, sendo a maneira mais eficaz, mais custo-efetiva e menos danosa de interferirmos no cenário epidemiológico da doença em nosso país e no mundo.

Estudos de rastreamento do câncer de mama e colo uterino mostraram impacto na sobrevida da população.

Finalmente, é importante lembrar que os potenciais riscos e benefícios do rastreamento devem ser informados e discutidos com o cliente, antes de sua realização.

DICAS PARA PREVENÇÃO DO CÂNCER

  • Pare de fumar!
  • Alimente-se de forma saudável
  • Evite bebidas alcoólicas
  • Pratique exercícios físicos
  • A mulher deve considerar a realização da mamografia aos 40 anos ou de acordo com orientação médica.
  • A mulher a partir dos 20 anos deverá submeter-se anualmente a um exame preventivo do colo do útero (Papanicolau).
  • O homem deverá fazer avaliação da próstata a partir dos 45 anos.
  • Evite exposição ao sol, principalmente das 10:00h às 16:00h
  • Use protetor solar.
  • Faça avaliação médica anual e participe de programa de oncologia preventiva.